Começa projeto Cidadania Ativa

2019-08-15 14:35:00 - Jornalista: Joice Trindade
Compartilhe:  
Foto: João Barreto
Na quarta-feira (14), foi realizado o primeiro encontro deste ano letivo no Colégio Municipal Ancyra Gonçalves Pimentel

Foi iniciado o projeto Cidadania Ativa no Colégio Municipal Ancyra Gonçalves Pimentel (Miramar), por meio da parceria entre o curso de Direito do campus Macaé da Universidade Federal Fluminense (UFF), a 15° Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e o colégio. A programação será ministrada todas as quartas-feiras, no Ancyra Gonçalves, das 13h às 14h, para os estudantes do 6º ao 9° ano representantes de turma.

A formação visa capacitar multiplicadores de informações e sensibilizar sobre cidadania, direitos, deveres e o papel e responsabilidade do jovem na sociedade. Na quarta-feira (14), foi realizado o primeiro encontro deste ano letivo na unidade. Os alunos vão participar de debates, oficinas e mesas-redondas. A ação será conduzida por 15 universitários do curso de Direito, que passaram por seleção e treinamento. No final do ano, haverá produção do estatuto para formação do Grêmio Estudantil.

Lançado em 2017, o Cidadania Ativa passou por várias fases. De acordo com a professora e coordenadora do curso de Direito, Fabianne Manhães, no inicio o projeto contou com a participação de alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA). "Também houve a participação efetiva nas palestras do projeto Eleitor do Futuro. Já em 2018, foram realizados seminários e produção de artigos. Neste ano de 2019, com a reformulação, o projeto se estendeu ao público. A proposta é contribuir com a formação e levar a universidade para fora dos muros", ressalta.

Serão destacadas abordagens como meio ambiente, aspectos penais do Estatuto da Criança e Adolescente (ECA), direitos políticos e econômicos, direito do trabalhador, além de oficina de petições. De acordo com o secretário de Educação, Guto Garcia, o projeto vai contribuir com o processo de ensino aprendizagem. "Ações que visam à reflexão dos alunos são essenciais não só para o presente, mas para o futuro", observa.

O projeto foi elogiado pelos alunos. Entre eles estavam Nayara Silva dos Santos e Poliana de Oliveira, ambas do 9º ano, que receberam material sobre Cidadania e Separação de Poderes. "Gostamos do que assistimos. É muito bom saber sobre democracia, direitos e deveres. Temos que lutar e sermos responsáveis por nossas ações, não apenas no momento do voto", contaram.

O delegado da comissão da OAB Jovem da 15ª Subseção e professor da Escola da Prerrogativa da OAB-RJ, Thiago Amério, lembrou que o projeto é de suma importância. "O projeto contribui para a formação do cidadão ativo", pontua.

Para o diretor do Colégio Municipal Ancyra Pimentel, Éder Pereira Peçanha, o projeto contribui para a gestão participativa, por meio da elaboração do Grêmio Escolar. O projeto conta com a atuação de universitários do curso de Direito.

Entre eles estão Izabela Vicente, formanda do curso e Emanuele Alves, aluna do 7º período. "Estou muito empolgada. Vamos ajudar os alunos a plantar e colher bons frutos voltados para o tema cidadania", comenta Emanuele.

Busca

Acesso Rápido

Destaque