Cultura movimenta o museu e lança novos projetos

2019-06-03 11:36:00 - Jornalista: Andréa Lisboa
Compartilhe:  
Foto: Raphael Bózeo e Andréa Lisboa
Os projetos culturais estão acontecendo durante todo o dia e novos vão estrear este mês

O museu da cidade de Macaé tem realizado projetos culturais e de apoio à geração de trabalho e renda, além de fomentar a educação não formal em áreas artística e de interesse sociocultural. Este movimento constante no espaço tem chamado a atenção de pessoas que há muito tempo não visitavam o Solar dos Mellos, no Centro da cidade. Em meio a esta fase, a Secretaria de Cultura lança neste mês mais dois novos projetos, o ‘I Curso Livre de Poesia no Museu’ e o ‘Cinema na Rua’.

Um dos projetos culturais e de apoio à geração de trabalho e renda que assimila ações de educação não formal de interesse sociocultural é o semanal ‘Quintas no Museu’. A última edição, na quinta-feira, 30 de maio, começou atendendo, durante a tarde, a formação de Microempreendedores Individuais (MEIs) por meio de parceria com o Sebrae. A partir das 18h, os jardins do Solar foram preparados com estandes de artesanato e de gastronomia para receber o público.

Seguindo a programação, das 18h às 19h30, a campanha Maio Amarelo da Secretaria de Mobilidade Urbana teve seu ápice com a ‘Roda de Conversa Maio Amarelo’, promovida através de parceria com a Secretaria de Cultura. A conversa, que contou com a presença de estudantes do Ensino Médio e de público diversificado, foi voltada para a educação para o trânsito, com o intuito de preservar vidas.

Participaram da mesa o Aspirante Cordeiro do 9º GBM, representando o comandante Tenente Coronel Shincado, o representante da Associação Ciclística de Macaé, Fabrício Fitaroni, a motorista de aplicativo de carona, Kelly Geraldo, e a pedagoga da Mobilidade Urbana, Jô Wilme. Estatísticas de acidentes, regras de direção defensiva, equipamentos de segurança, empatia no trânsito, meio ambiente e aplicativos de carona foram assuntos que estiveram na pauta do debate mediado pela jornalista Andréa Lisboa. A plateia foi ativa, representando os pedestres.

Logo depois do bate-papo, Jô Wilme, que é cantora e atriz, interpretou com sua voz marcante sambas consagrados e levantou os visitantes e os microempreendedores colaboradores do ‘Quintas no Museu’. Este projeto cultural é semanal, às quintas-feiras, das 14h às 21h, com entrada franca.

Mas os projetos do Solar dos Mellos, não começaram às 14h. De manhã, alunos do 3º ano do Ensino Fundamental do Centro Educacional Mariza Maia Curvelo (Cemac), no Centro, já participavam do ‘Visita Guiada’ à nova exposição do Solar ‘Cultura para Todos, o Futuro das Tradições’, voltada para o ‘cafezinho’ e de curadoria de Cláudia Barreto. Os alunos foram orientados pelo historiador Bruno Rodrigues.

"Nós buscamos que este espaço se tornasse pulsante, vivo, para despertar o interesse pela nossa história e nossa cultura. Estamos cada vez mais recebendo novas pessoas que se encantam com a história de Macaé e também microempreendedores. Para integrar os projetos, basta entrar em contato com as equipes da Secretaria de Cultura ou do Solar dos Mellos para adequarmos os espaços. Temos diversas atividades ocorrendo simultaneamente e novas ações já estão programadas", diz o secretário de Cultura, Thales Coutinho.

A macaense Thaís Esderque, que trabalha com papelaria personalizada para eventos e brindes, tem a intenção de se tornar MEI. Ela buscou o curso do Sebrae ‘Gestão Financeira’,voltado para micro e pequenos empresários, que aconteceu de 27 a 31 de maio, das 19h às 22h, no museu. Thaís vê perspectivas de expansão do seu negócio também no atendimento a outras empresas.

"A primeira vez que vim ao museu foi há muitos anos e estou achando interessante revisitar, porque, atraída pelo curso do Sebrae, conheci a nova exposição, que mostra um pedaço da nossa história, e ainda a Oficina de Haikai e a feirinha. Gostei muito. A possibilidade de vir participar do ‘Quintas no Museu’ também é válida, porque se abre uma oportunidade de contato com o público, de quebrar a barreira da inibição e para divulgar o trabalho", frisa a empreendedora.

Café Literário - Na noite de quarta-feira, 29 de maio, o projeto mensal ‘Café Literário’, nos jardins do museu, recebeu estudantes, profissionais liberais, servidores públicos e público em geral para a segunda ‘Oficina de Haikai’ no museu, ministrada pelo professor Gerson Dudus. Colaboradores do ramo da gastronomia urbana também participaram do evento.

Gestão Financeira Sebrae - Enquanto isso, no auditório presidente Washington Luís lotado, acontecia o curso do Sebrae ‘Gestão Financeira’, com o consultor Jorge Augusto. Os empresários e profissionais liberais que participaram do curso também visitaram a nova exposição. Eles passaram ainda nos estandes gastronômicos nos jardins.

Lugares de Memória e Visita Guiada - A exposição foi visitada também, durante a manhã de quarta-feira (29), por 45 alunos do Colégio Municipal Neuza Goulart Brizola, na Barra de Macaé. Depois os estudantes fizeram um tour histórico e cultural até a Igreja de Santana, dentro do roteiro do projeto ‘Lugares de Memória’, com o historiador Bruno Rodrigues. À tarde, o projeto ‘Visita Guiada’ à exposição foi realizado pelo professor Marco Antônio Caldeira. ‘As crianças não resistem ao toque no café’, ressalta Marco.

O ‘I Curso Livre de Poesia no Museu’, já está com inscrições abertas, até o dia 17, no site da Prefeitura de Macaé, e o novo ‘Cinema na Rua’. Projetor e telão já chegaram à Secretaria de Cultura que, em breve, divulgará a programação.

O Solar dos Mellos está localizado na Rua Conde de Araruama, 248, no Centro.

Busca

Acesso Rápido

Destaque