Elas por Elas: curso de Educação Jurídica forma multiplicadores

2019-11-01 12:03:00 - Jornalista: Julie Silveira
Compartilhe:  
Foto: Maurício Porão
O objetivo foi orientar o público para multiplicar a informação

O projeto “Elas por Elas” terminou, nesta quinta-feira (31), um curso sobre Educação Jurídica Popular em Direitos das Mulheres. Cerca de 30 alunas participaram do encontro que teve o objetivo de torná-las aptas para multiplicar a informação em seus meios, como família, trabalho e comunidade. A ação foi uma parceria entre a Coordenadoria de Políticas Para Mulheres e curso de Direito da Universidade Federal Fluminense (UFF) Macaé.

A capacitação discutiu temas como: mulher e seu lugar na sociedade; mulher, mercado de trabalho e relações trabalhistas; mulher e desigualdade racial e violência contra à mulher; mulher e as relações familiares, direitos sexuais, reprodutivos e acesso à saúde; mulher e direitos políticos.

De acordo com a coordenadora geral de Polícias para Mulheres no município, Jane Roriz, o grupo de mulheres foi de várias áreas de atuação, o que tornou a discussão enriquecedora e produtiva.

"Estamos realizadas em ver o curso terminar com tantas trocas de experiências, ideias, e formas de fazer a diferença na vida de tantas mulheres espalhadas por aí. Tenho a certeza que formamos mais uma rede de apoio. A ideia é promover a segunda edição do curso no próximo ano", pontuou Jane.

Segundo a aluna Célia Freire, 39 anos, o curso foi fundamental para evolução da luta a favor do direito da mulher. "Estou finalizando o curso desconstruída. Foram trocas de experiências enriquecedoras não só na luta pelos direitos das mulheres, mas, também, para minha alma. Hoje, após esse intercâmbio de conhecimento com mulheres de raças, idades e classes sociais diversas, entendi minha mãe que, infelizmente, já é falecida. Hoje, pude entender o que ela passou. A luta dela para sobreviver onde é tudo mais difícil para as mulheres", observou.

A coordenadora ainda pontuou que as alunas vinculadas ao projeto de extensão da UFF foram as mediadoras das aulas.

"Durante o curso, contamos com a presença de duas componentes do curso de Direito da UFF – Macaé para dar auxílio às convidadas e ajudar na mediação do curso. As alunas fizeram a diferença e inspiraram várias mulheres", destacou Jane, enfatizando a importância da parceria entre prefeitura e universidade.

A ação contou com apoio da Secretaria Adjunta de Qualificação Profissional.

Busca

Acesso Rápido

Destaque