Projeto de hanseníase atende 164 pessoas

2019-09-03 10:21:00 - Jornalista: Genimarta Oliveira
Compartilhe:  
Imagem de profissionais e pacientes
Foto: Rui Porto Filho
Durante os dois dias foram capacitados 66 profissionais

Com foco na descentralização e ampliação do cuidado da hanseníase, o município recebeu, na última semana, as ações do Projeto Roda Hans - Carreta da Saúde, uma iniciativa do Ministério da Saúde em parceria com estados e cidades. Foram realizados 164 atendimentos. Como sede, Macaé recebeu profissionais de Conceição de Macabu, Carapebus e Quissamã para o treinamento.

A gerente de Vigilância em Saúde do município, Daniela Bastos, lembrou que o processo de descentralização se deu por meio da capacitação dos profissionais da Atenção Básica para que estejam aptos a diagnosticar e tratar clinicamente a hanseníase.

Durante os dois dias foram capacitados 66 profissionais. Além da parte teórica, eles participaram da assistência para os pacientes que compareceram na Praça Washington Luiz. “Dos 164 atendimentos, três são suspeitos e encaminhados para a referência. A meta do projeto também era avaliar as pessoas que tiveram contato com pacientes com hanseníase e segundo a equipe do Roda Hans, Macaé foi o município sede que mais atendeu contactantes, ao todo foram 24”, frisou Daniela.

Ela lembra que as pessoas que apresentarem manchas sem sensibilidade, com queda de pelo, devem procurar uma unidade da Estratégia Saúde da Família (ESF) ou o Programa de Vigilância e Controle que funciona no Centro de Saúde Dr. Jorge Caldas de segunda a sexta-feira, de 8h às 17h.

O tratamento é gratuito e feito por meio de antibióticos, que poderá ser ministrado de seis meses a um ano. O paciente é acompanhado por cinco anos para verificar se a doença foi eliminada. Os familiares também devem ter acompanhamento médico. A doença não mata, mas traz danos como alterações motoras, se não for diagnosticado precocemente.

Houve a participação também de estudantes dos cursos de medicina, nutrição, enfermagem e fisioterapia da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UFRJ), Campus-Macaé.

Busca

Acesso Rápido

Destaque