Prefeitura Municipal de Macaé

Secretaria de Desenvolvimento Social, Direitos Humanos e Acessibilidade

Macaé realiza mutirão para cadastro do Bolsa Família

2017-08-11 11:15:00 - Jornalista: Julie Silveira
Compartilhe:  
uma mulher sentada atrás de uma mesa com computador, fazendo o atendimento a uma outra mulher, também sentada, com uma criança no colo
Foto: Arquivo Secom - Ana Chaffin
O programa do governo federal concede benefício financeiro às famílias com renda per capita de até R$ 170

Com o objetivo de cadastrar novos usuários e beneficiários no Programa Bolsa Família, a Coordenadoria Geral de Transferência e Renda, vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, vai realizar dois mutirões. A ação acontece nos bairros Nova Esperança, do dia 28 de agosto até primeiro de setembro, e no Laqomar, entre os dias 11 e 15 de setembro, sempre das 8h às 17h. O programa do governo federal concede benefício financeiro às famílias com renda per capita de até R$ 170,00.

O mutirão também vai contar com a inclusão de novas famílias no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico), um instrumento de identificação e caracterização das famílias de baixa renda, além do cadastro dos idosos que fazem parte do Benefício de Prestação Continuada (BPC) e ainda não estão inseridos no CadÚnico. De acordo com a coordenadora geral de Transferência de Renda, Camila Delfino, se esses idosos não estiverem no cadastro até 15 de dezembro, o benefício será suspenso.

A ação também pretende inserir gestantes que estão dentro do perfil no CadÚnico. Segundo informações da Coordenadoria da Área Técnica de Alimentação e Nutrição (Catan), o bairro Nova Esperança possui cerca de 200 gestantes que não estão incluídas no Cadastro Único e nem são beneficiárias do Programa Bolsa família.

Lembrando que, para seleção das famílias que serão beneficiadas pelo Bolsa Família, o programa utiliza informações do CadÚnico. Para realizar o cadastro é necessário apresentar documento de identidade, CPF, título de eleitor, certidão de nascimento, carteira de trabalho, comprovante de residência, declaração de escolaridade e telefone de contato. É imprescindível ter renda per capita de meio salário, ou até 3 salários mínimos de renda familiar. A seleção é feita exclusivamente pelo Governo Federal.

Bolsa Família

Criado em outubro de 2003, é um programa de transferência direta de renda, com condicionalidades nas áreas de Educação e Saúde, voltado a famílias em situação de extrema pobreza em todo o país.

O programa oferece atendimento às famílias com informações e inclusões no Cadastro Único; acompanhamento às famílias beneficiárias do PBF, em descumprimento de condicionalidades; Articulação com os Centros de Referência de Assistência Social-Cras no município, para acompanhamento e inclusões de novas famílias no Cadastro Único; Encaminhamento diversos para a rede de serviços do município; Recadastramento, atualizações e atendimentos às demandas do Governo Federal referentes ao PBF; acompanhamento e informações sobre outros Programas de Transferência de Renda do Estado do Rio de Janeiro, como o Renda Melhor e o Renda Melhor Jovem; encaminhamentos a outros programas e ações que utilizam os dados do Cadastro Único; Gestão de benefícios do PBF.

Endereço dos mutirões

Nova Esperança - Cras Nova Esperança (Rua Sergipe, S/N, em frente ao prédio do PAC)

Lagomar - Igreja Cruzada Evangélica (Rua W26, travessa 1, S/N).

+ Mais Notícias