Prefeitura Municipal de Macaé

Secretaria de Educação

Inscrições prorrogadas para mostra de curta

2017-09-13 14:53:00 - Jornalista: Joice Trindade
Compartilhe:  
Foto de crianças dançando
Foto: Arquivo Secom/Maurício Porão
Arte afro-brasileira em manifestações culturais diversas valoriza a diversidade

Escolas das redes municipal, estadual e particular que ainda não se inscreveram para a primeira mostra de curta-metragem "Carucango vive em nós" terão, até esta sexta-feira (15), para se cadastrar. As inscrições podem ser feitas no endereço eletrônico semed.extracurricular@gmail.com ou na sala 201 da Secretaria de Educação, que funciona na Rua Antero Perlingeiro, 402, Centro.

A mostra vai acontecer no dia 29 no auditório do Colégio Municipal Professora Maria Isabel Damasceno Simão, às 9h. O espaço fica na Rua Dr. Francisco Portela, 410, Centro. A programação tem como foco associar a educação ao uso da tecnologia. O filme deverá ter até cinco minutos de duração. A equipe de alunos poderá utilizar qualquer equipamento como celular, câmera digital e filmadora, desde que apresente boa qualidade de imagem e som.

A mostra tem como destaque principal a história e identidade de Carucango, herói negro macaense reconhecido pela sua luta. Ele deu nome ao quilombo apontado como um dos maiores que existiu no Estado do Rio de Janeiro nos fins do século XVII.

A realização da mostra tem como propostas integrar estudantes junto à comunidade escolar; estimular a criatividade individual e coletiva; promover a circulação de bens culturais e vivenciar uma produção de curta com destaque para a história de Macaé.

De acordo com o secretário de Educação, Guto Garcia, este será mais um momento para experimentar linguagem e descobrir talentos, além de dar oportunidade para o aluno vivenciar uma produção e acumular experiências.

A programação está agitando escolas como Engenho da Praia, Professora Maria Isabel Damasceno Simão (Centro), Engenho da Praia e Colégio Municipal Olga Benário Prestes.

A programação segue a aplicação da Lei 10.639/03, alterada pela Lei 11.645/08, que torna obrigatório o ensino da história e cultura afro-brasileira e africana em todas as escolas, públicas e particulares, abrangendo turmas do Ensino Fundamental até o Ensino Médio.

+ Mais Notícias
Busca

Destaque