Secretaria de Educação

Matrículas da quarta fase começam nesta terça

2019-02-11 16:46:00 - Jornalista: Joice Trindade
Compartilhe:  
Foto: Luís Gustavo Malheiros - Arquivo Secom
Procedimento deve ser feito até esta sexta, dia 15

Começa nesta terça-feira (12) e segue até sexta-feira (15), a matrícula dos estudantes alocados na quarta etapa da pré-matrícula da rede municipal. A lista completa com os nomes dos atendidos está disponível no site da prefeitura. O procedimento deve ser feito pelos pais e responsáveis ou pelo próprio aluno, no caso de maior de idade. Devem ser apresentados documentos específicos na escola municipal em que serão direcionados. Não haverá prorrogação do período.

No ato da matrícula, deverão ser apresentados os seguintes documentos (original e cópia): certidão de nascimento, carteira de vacinação atualizada, comprovante de residência (recibo da conta de água, luz ou outra correspondência) e foto 3x4. Também devem ser fornecidos os originais e cópias do comprovante de residência (recibo da conta de água, luz ou outra correspondência), original do laudo clínico, em se tratando de candidato que necessitar de atendimento educacional especializado, cartão do Bolsa Família, caso o candidato seja beneficiário do programa, além do Cartão do SUS.

Os candidatos que não tiverem com nomes incluídos no resultado da pré-matrícula estarão automaticamente no cadastro reserva da rede municipal, uma vez que o Serviço de Cadastro e Movimentação de Alunos fará a convocação ao longo do ano letivo de 2019.

A quarta e última fase da pré-matrícula (4 a 6 de fevereiro) foi voltada para estudantes de Educação Infantil; maternal I e II (dois e três anos), além de Pré I e II, quatro e cinco anos, Ensino Fundamental (1º ao 9º ano), Educação de Jovens e Adultos e Ensino Médio. Esta foi a última oportunidade para os candidatos que perderam as etapas anteriores.

A expansão do atendimento para maternal II e I, obrigatoriamente nesta ordem, estará condicionada à existência de vagas e às condições de estrutura da rede municipal. A Secretaria Adjunta de Educação Básica poderá alocar o candidato em outra unidade escolar, caso não existam vagas nas opções apresentadas pelos pais ou responsáveis. A destinação das vagas levará em consideração a previsão de vagas, a preferência ao candidato que necessitar de atendimento educacional especializado, além da proximidade da residência. Caso a família venha optar pela matrícula do aluno em outra unidade escolar que não seja próxima da residência, o procedimento somente será efetivado após o atendimento aos residentes próximos.

+ Mais Notícias