Prefeitura Municipal de Macaé

Secretaria de Saúde

Grande mobilização marcou Feira de Adoção e vacinação

2017-10-09 17:22:00 - Jornalista: Equipe Secom
Compartilhe:  
Foto de um gato em uma gaiola para adoção.
Foto: Maurício Porão
Além da feira de adoção, o espaço também recebeu posto de vacinação contra raiva

A Feira de Adoção de Cães e Gatos reuniu, neste final de semana (7 e 8), no Parque da Cidade, centenas de pessoas - proprietários, protetores e interessados em oferecer um lar para cães e gatos em situação de vulnerabilidade na cidade. Durante o evento diversas atividades envolveram as famílias que participaram do lançamento do Registro Geral do Animal (RGA) - documento de identificação -, a vacinação antirrábica e a mesa redonda, com temas de prevenção sobre zoonoses.

A feira, que ocorre sempre no primeiro final de semana de cada mês, é promovida pela Coordenação Especial de Promoção da Saúde dos Animais e Controle de Zoonoses (CEPSACZ), ligada à secretaria de Saúde e conta sempre com a parceria dos protetores de animais de Macaé. Desta vez estiveram presentes a Casa dos Anjos e “Calú e amigos”, do Barreto, além de outros protetores independentes.

- A feira sempre oportuniza aos protetores e grupos organizados doarem animais resgatados e cuidados por eles. Precisamos somar com quem faz um trabalho digno e militante, amenizando o sofrimento de muitos animais. Nesta edição tivemos cerca de 30 adoções – animais adultos saudáveis, castrados e vacinados e filhotes de cães e gatos. Nossa proposta é sempre no sentido de abraçar a causa animal -, disse o coordenador Rafael Amorim.

Ele destacou que, além da vacinação contra a raiva, a Feira de Adoção contou com a participação das médicas veterinárias Débora Benjamin Possati (CCZ); Maria Virgínia de Senna (Ambulatório Municipal) e Eliza Prates Camolezi (Presidente Estadual da Sociedade de Cardiologia Veterinária) que, numa mesa redonda, abordaram temas como posse responsável, esporotricose e dirofilariose.

Os temas esclareceram dúvidas sobre as doenças transmitidas por animais e seus sintomas. A esporotricose, por exemplo, é uma micose crônica e causada pelo fungo (sporothrix schenckii), que pode afetar animais e humanos. Há tratamento e o diagnóstico dos animais já pode ser feito na maioria das clínicas veterinárias. Já a dirofilariose é uma zoonose pouco conhecida causada pelo verme do coração dos cães (Dirofilaria immitis), um parasita do sistema circulatório desses animais, mas que também pode acometer gatos e o ser humano. Sua ocorrência está intimamente ligada à presença de mosquitos vetores (Aedes, Culex).

Além de discorrerem sobre as doenças transmitidas pelos animais ao homem, as palestrantes alertaram que a posse responsável é um caminho para a saúde preventiva humana, uma vez que os animais bem tratados deixam de estar nas ruas e ser potenciais vetores de Zoonoses.

Dia “D”

O Dia Estadual de Vacinação contra a Raiva, em Macaé, imunizou 2.393 animais (1.987 cães e 377 gatos). Na pré-campanha, que ocorreu de junho a setembro, mais de 16 mil animais foram vacinados.

A prefeitura disponibilizou 16 postos de vacinação, distribuídos em 12 localidades diferentes, para vacinar cães e gatos, no sábado (7).

A psicopedagoga Sávia Crespo, que mora na Riviera, visitou a feira de adoção e vacinou a “Flica”, sua cadelinha de quatro anos. Ela achou ótimo que a vacinação antirrábica estivesse junto com a feira no Parque da Cidade. “A vacinação é bastante positiva porque evita que nossos filhotinhos tenham essa doença. Fazemos a prevenção anualmente e agora achei ótima a ideia de associar a vacinação com a feira de adoção”, disse. Já Maria Falcão, moradora no bairro Cajueiros, também gostou da iniciativa. Ela informou que ficou sabendo do dia de vacinação e levou logo seu cãozinho para se prevenir. “Muito boa a iniciativa. Temos que vacinar para prevenir, com certeza”, assegurou.

+ Mais Notícias
Busca

Destaque